RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICOS NO LEITE

Os resíduos de antibióticos no leite ocorrem na produção primária, especialmente devido a tratamentos de mastite. Portanto, no processo de produção do leite na fazenda medidas de prevenção, controle e monitoramento precisam ser tomadas.

O risco de resíduos de antibióticos no leite está relacionado ao uso desses medicamentos para o tratamento e/ou prevenção de doenças, e isso também é valido caso não seja seguido o período de carência recomendado.

A principal causa de antibióticos residuais no leite é o tratamento da mastite, dessa forma, estima-se que 80 a 90% das ocorrências de antibiótico residual no leite estão associados a mastite. Todavia, qualquer antibiótico usado em vacas seja qual for a via de administração (intramamária, intramuscular, intravenosa, intrauterina, oral, ou pela pele) pode gerar resíduos de antibióticos no leite. Logo após a administração, os antibióticos são absorvidos pelo sangue e, em seguida, secretados no leite.

SITUAÇÕES DE APARECIMENTO DE ANTIBIÓTICO RESIDUAL NO LEITE

  1. Não observar o período de carência do antibiótico;
  2. Erro na identificação ou na anotação das vacas tratadas;
  3. Uso de dosagens e/ou protocolos de tratamentos diferentes daquele em que o período de carência foi estabelecido;
  4. Descarte de leite apenas do quarto tratado;
  5. Vacas com partos antecipados e períodos secos curtos;
  6. Uso de produtos de vacas secas para tratamento de vacas em lactação;
  7. Ordenha acidental de vacas secas;
  8. Erro durante a ordenha com mistura de leite com e sem resíduos.

MEDIDAS RECOMENDADAS PARA PREVENÇÃO E CONTROLE DE RESÍDUOS DE ANTIBIÓTICOS NO LEITE

  1. Implantação de programa de controle de mastite para reduzir o uso de antibióticos;
  2. Identificar todas as vacas em tratamento e fazer a ordenha separadamente;
  3. Respeitar o período de carência dos medicamentos;
  4. Evitar o uso de antibióticos em doses não recomendadas na bula;
  5. Evitar o uso de antibióticos sem bula;
  6. Treinar os funcionários e ordenhadores sobre o uso de antibióticos;
  7. Limpar o sistema de ordenha após a ordenha de vacas em tratamentos.

Devido ao impacto negativo da presença de antibióticos no leite, é recomendado que os produtores e laticínios implementem medidas preventivas para garantir que o leite destinado ao consumo seja isento de antibióticos.

Referências

OUROFINO SAÚDE ANIMAL. Controle de resíduos de antimicrobianos no leite. Ourofinosaudeanimal.com. Disponível em: <https://www.ourofinosaudeanimal.com/ourofinoemcampo/categoria/artigos/controle-de-residuos-de-antimicrobianos-no-leite/&gt;. Acesso em: 17 Nov. 2020.

MARCOS VEIGA SANTOS. Causas da presença de resíduos de antibióticos no leite. Milkpoint.com.br. Disponível em: <https://www.milkpoint.com.br/colunas/marco-veiga-dos-santos/causas-da-presenca-de-residuos-de-antibioticos-no-leite-16164n.aspx&gt;. Acesso em: 17 Nov. 2020.

SANTOS, M. V. dos; FONSECA, L. F. L. da. Controle da mastite e qualidade do leite:
Desafio e soluções
. 1. ed. Pirassununga-Sp: [s.n.], 2019. v. 1. 301 p.

Uma vez
Mensal
Anual

Nos ajude a melhorar cada vez mais, contribua com algum valor!

Faça uma doação mensal

Faça uma doação anual

Escolha um valor

$2.00
$5.00
$20.00
$5.00
$15.00
$100.00
$5.00
$15.00
$100.00

Ou doe um valor desejado!

$

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Faça uma doaçãoDoar mensalmenteDoar anualmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s