Relação entre o pH, Co2 e alcalinidade da água na aquicultura

A relação entre o pH e o CO2 está na premissa que, quanto mais CO2 livre, menor será o pH, e quanto menos CO2 mais alcalino o pH.

Isso pode ser observado no início da manhã, onde o pH encontra-se baixo, e isso se deve ao fato de que a noite ocorre uma maior produção de gás carbônico pelas microalgas, peixes, etc. Já no decorrer do dia, com a fotossíntese consumindo CO2, a tendência é que o pH se eleve.

Em altas temperaturas há uma maior taxa de respiração dos organismos, consumindo rapidamente o oxigênio disponível, aumentando a produção de CO2 e consequentemente uma queda no pH.

Uma maneira de diminuir as variações de pH no viveiro, é aumentando a alcalinidade da água. A alcalinidade mede a capacidade da água de neutralizar os ácidos, ou seja, de tamponamento. Em viveiros com uma alcalinidade abaixo de 30 mg/L deve ser feita a calagem.

O oxigênio dissolvido pode ser incorporado aos viveiros de forma natural, pelo vento, correntes de água, ou pelo sistema mais indicado, que é usando aeradores mecânicos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s