A linguagem dos cães

Calming Signals / Sinais de Calma / Sinais de Apaziguamento 

Calming Signals na linguagem corporal canina demonstra uma forma do cachorro se expressar quando a situação não está favorável, tentando demonstrar que não querem confusão, que estão tendo seu espaço invadido, que estão com medo e/ou que vão atacar. Possuem como objetivo principal manter a ordem e a tranquilidade no ambiente.
Os sinais de calma foram escritos originalmente pela Turid Rugaas, uma treinadora Dinamarquesa, que lançou o livro “On Talking Terms With Dogs: Calming Signals”  em 2005. Turid descreveu mais de 30 sinais apaziguadores. E nos dias atuais já foram descobertos muito mais. 

Importância de entender os Sinais de Apaziguamento:

  • Os profissionais que trabalham com esses animais, como adestradores, passeadores, cuidadores, banhistas, recreadores, nutricionistas ou médicos, necessitam conhecer todos os sinais de calma, a fim de evitar qualquer acidente, entendendo como o cão está se expressando e se comportando diante da situação. 
  • Os tutores também precisam entender esses sinais para compreender melhor os animais no dia-a-dia e ter uma convivência prazerosa dentre as diferentes espécie. 
  • Através da leitura corporal correta, é possível evitar momentos de estresse, evitar o medo e evitar a reatividade do animal.

Lip lick – Lamber os lábios / focinho 
O Lip lick pode demonstrar ansiedade, quando o cão quer muito alguma coisa, ou também um incômodo. 

A lambida do cachorro equivale ao beijo humano?

Olhar para o lado ou virar a cabeça 
O movimento vai depender do nível da intensidade de incômodo no cão, primeiro evitando contato visual e depois virando a cabeça mostrando que não quer conflito. 

Is Your Dog Ignoring You? | Modern Dog magazine

Virar o corpo
É mais expressivo ainda. É como se fosse uma evolução de olhar para o lado ou virar a cabeça. Mostrando esse sinal, o cão deixa completamente nítido de que a situação não ta legal, virando o corpo e tentando ignorar qualquer confronto.

6 Reasons Your Dog Might Be Ignoring You - Pawsitive Paws San Diego

Cheirar o chão
É muito utilizado por cães adultos quando tem um filhote que não sabe o momento de cessar a brincadeira. Logo, o cão adulto cheira o chão como se tivesse algo muito atrativo no ambiente, desviando o foco do filhote que para a brincadeira e começa a cheirar o chão também por curiosidade. 

Saiba a razão para comportamentos bizarros dos cachorros

Bocejar
Esse comportamento nem sempre é oferecido numa interação social. Às vezes pode ser devido a um fator externo, exemplo, andar de carro, tem cães que não gostam e realizam muito esse comportamento. 

  • Esse sinal já foi feito também de tutores para os seus cães, fazendo com que eles relaxassem e deitassem. 
O significado do bocejo para os cães | Gatinho Branco

Play Ball 
Sinal muito utilizado durante a socialização entre cães ou até mesmo com humanos. É para chamar pra brincar, “quebrar o gelo” ou para “apressar” uma situação, tipo: VAMOS LOGO!!! JOGA ESSA BOLINHA / VAMOS PASSEAR.

Entenda porque esconder alimentos do cachorro traz benefícios para ...

Levantar a patinha
Geralmente ocorre quando o nível de tensão na situação está bem grande. É tipo um último aviso antes de reagir. 

Cães medrosos - Leau Pet

Movimentação lenta ou congelamento 
Realizado na situação de desconforto, medo ou invasão de privacidade. 

O que fazer com um cão medroso adotado

Através desses sinais, podemos concluir a importância de conhecer a linguagem canina. Evitando acidentes e não gerando uma tensão sobre o cachorro, quebrando as 5 liberdades animal, como, medo, stress e desconforto. 

Algumas dicas importantes na interação com os cães, são:

  • Não tocar no animal sem conhecer ou ter permissão do dono;
  • Observar os sinais de apaziguamentos;
  • Evitar movimentos amplos, gritos e se elevar sobre o cachorro.

Sendo assim, comece a observar os sinais do seu cachorro, mude sua atitude e sua postura para evitar uma situação de desconforto para seu cão e um possível acidente para você. Evite muitos abraços, apertos, câmera na cara do cachorro, muita pressão corporal e broncas.

Para finalizar, vou deixar um vídeo bem conhecido aqui por causa do meme “eu mordo, eu mordo, eu mordo” do “encantador de cães”, Cesar Millan. Observem a tensão corporal que ele exerce sobre o cachorro e os diversos sinais que o cachorro demonstra antes de efetivamente atacar.

Para mais conhecimento sobre comportamento animal, psicologia canina e adestramento, me sigam no instagram: https://www.instagram.com/luaninh4/

Referência:
https://www.tudodecao.com.br/

Uma vez
Mensal
Anual

Nos ajude a melhorar cada vez mais, contribua com algum valor!

Fazer uma doação mensal

Fazer uma doação anual

Escolha um valor

R$2,00
R$5,00
R$20,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00
R$5,00
R$15,00
R$100,00

Ou doe um valor desejado!

R$
——

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

Agradecemos sua contribuição.

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s