Qualidade do Leite

Produzir leite de qualidade se tornou mais que meta em propriedades, sabendo da influência de um bom produto empresas enaltecem esse critério. As boas práticas são grandes ascendentes para esse progresso.


A higiene dos locais como, sala de ordenha e equipamentos usados, piquete pré maternal, instalação do confinamento (caso seja a realidade da propriedade) e atenção na linha de ordenha são exemplos de métodos simples usados na melhoria e prevenção de problemas que possam ameaçar resultados benéficos.


Se tratando de qualidade do leite, é imprescindível falar de CCS (Contagem de Células Somáticas) ou CBT (Contagem Bacteriana Total). As CCS são as células de defesa do organismo e de descamação do epitélio da glândula mamária (processo natural), baseado no número de CCS se tem noção de animais com casos de mastite, portanto, quanto menor o número indicativo maior a quantidade de animais saudáveis. Pela legislação é adotado uma média nacional garantindo a qualidade e responsabilidade do setor, porém, as Células Somáticas não podem ser zeradas por conta da descamação do epitélio da glândula mamária. A Contagem Bacteriana Total (CBT), reage conforme a higiene dos manejos da ordenha até o armazenamento do produto no resfriador.


É importante a realização de análise no leite, com o intuito de observar impactos positivos ou negativos (quando não efetuado pela empresa pode ser feito em laboratório). O teste da caneca de fundo preto, desinfecção dos tetos antes da ordenha, tratamento dos casos de mastite e evitar o ambiente com lama são fatores que colaboram na baixa da CCS. Os cuidados com higiene e temperatura do tanque, atenção com os produtos e água utilizados são pilares que reduzem os níveis de Contagem Bacteriana.


Utilizando as técnicas de forma correta, a obtenção de resultados positivos são certeiros, garantindo a qualidade do produto é muito mais fácil conseguir credibilidade na propriedade, diminuir gastos com medicamentos e prejuízos com animais.

Referências:

https://tecnologianocampo.com.br/qualidade-do-leite-ccs-cbt/

https://www.fundacaoroge.org.br/blog/entenda-melhor-como-avaliar-a-ccs-no-seu-rebanho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s