Sistema Australiano de identificação de suínos

Basicamente, consiste na efetuação de marcas (piques e furos) nas orelhas dos animais, com a finalidade de facilitar o manejo e consequente registro do lote.

Cada mossa tem um valor convencional, sendo feitas nas bordas e centro das orelhas. Observe na figura abaixo o valor correspondente de cada uma:

Mas fique atento, pois cada marcação tem um limite de frequência máxima:

· piques e furos: 800 – 400 – 200 – 100 só podem ser usados uma vez;

·piques 10 – 1 podem ser usados no máximo duas vezes;

· piques 30 – 3 podem ser usados no máximo três vezes.

Lembre sempre que a marcação australiana poderá ter algumas limitações, pois como é um sistema de piques e furos, temos um espaço limitado nas orelhas dos animais, podendo então fazer as marcações do número 1 ao 1.621.

O ideal é que seja feita logo após o nascimento, sempre atento aos números já marcados para não cometer possíveis erros de identificação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s