Pirarucu – gigante de água doce

O pirarucu (Arapaima gigas), também chamado de arapaima, é o segundo maior peixe de água doce do mundo e uma das espécies mais antigas. Desde 1991 é protegido por medidas legais para proteção da espécie (Britannica Escola), uma vez que sua captura ilegal ainda é realidade no país e os filhotes são presas fáceis para pássaros quando sobem à margem para respirar. Por atingirem a maturidade sexual entre 3 a 5 anos com peso médio de 40 kg, muitos machos (chamados “bodecos”) acabam sendo capturados antes da reprodução, contribuindo também para a diminuição da população da espécie.

pirarucu
Pirarucu (Fonte: Britannica Escola)

A reprodução do pirarucu ocorre de dezembro a maio em águas rasas e calmas, os machos fazem um ninho no fundo para que a fêmea deposite os ovos – média de 180 mil ovos . O sexo dessa espécie é difícil de ser observado antes da reprodução, os machos apresentam coloração avermelhada e as fêmeas assumem coloração mais acastanhada nesse período, porém já exitem estudos que utilizam outros métodos para determinação sexual. O pirarucu quando adulto pode chegar a 2 m e pesar mais de 200 kg, por isso tem grande importância comercial.

Para criação de pirarucu em cativeiro é necessário que se tenha conhecimento da legislação vigente no estado, pois os criadores de pirarucu devem ser registrados no órgão competente para que se tenha certeza de que os alevinos que serão produzidos são oriundos da atividade aquícola. Para criatórios em tanque-escavado é necessário que se tenha fundo arenoso devido ao comportamento dos machos que fazem ninhos para deposição de ovos.

Pirarucu Gigante
O Pirarucu pode medir mais de 2m de comprimento (Fonte: Pirarucu Piscicultura).

É um peixe com grande potencial econômico tanto nacional quanto internacional, é muito comum na região Norte do Brasil sendo muito usado para alimentação. Sua carne isenta de espinhos e com sabor suave atrai muitas pessoas, além disso possui alto valor de mercado.

Referências:

https://escola.britannica.com.br/artigo/pirarucu/483470

https://brasil.elpais.com/brasil/2019/12/16/eps/1576511114_657026.html

https://www.cpt.com.br/artigos/peixes-de-agua-doce-do-brasil-pirarucu-arapaima-gigas

https://revistagloborural.globo.com/vida-na-fazenda/como-criar/noticia/2013/12/como-criar-pirarucu.html#:~:text=REPRODU%C3%87%C3%83O%20Em%20cativeiro%2C%20o%20pirarucu,com%20um%20tom%20mais%20acastanhado.

https://www.pirarucupiscicultura.com.br/o-pirarucu

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s