Coprofagia – o ato de comer fezes

Você sabe o motivo pelo qual seu cachorro come o próprio cocô, o cocô do gato ou do cavalo?
Primeiro, vamos relembrar os conceitos de bem-estar animal, já mencionados na publicação “Conceitos e Enriquecimento ambiental”. Veja abaixo:

As 5 liberdades:
– Livre de medo e stress;
– Livre de fome e sede;
– Livre de desconforto;
– Livre de dor e de doença;
– Livre para expressar seu comportamento natural.

Necessidades básicas:
– Atividade física (correr, passear, brincar, treinar)
– Atividade mental (treino de obediência, jogos cognitivos, E.A)
– Atividade social (interação com dezenas de seres humanos, cães e animais de outras espécies)
– Alimentação (comida de qualidade e manejo alimentar)

Observações:

  1. Na maioria das vezes, a coprofagia está relacionada a um problema comportamental e não clínico.
  2. Casos principais clínicos que podem ocorrer devido a ingestão de fezes, são: reinfestação parasitária e infecções virais, como por exemplo, hepatite infecciosa canina, parvovirose e cinomose.
  3. A copofragia pode ocorrer em qualquer tipo de raça, porém cães de trabalho (Border Collie, Australian Cattle Dog, Labrador e Golden Retriever) têm uma predisposição a realizar esse ato. Isso pode acontecer quando esses cães necessitam de um gasto energético muito grande e isso não é suprido.
  4. Na natureza a coprofagia também é desenvolvida por Lobos-Guarás por questão fisiológica. Esses cães selvagens na maioria das vezes tem uma dieta desbalanceada, ora adquirindo bons alimentos e ora não adquirindo alimento nenhum.
  5. Nos nossos cães a coprofagia pode ocorrer quando se tem uma alimentação de má qualidade ou por fome. Buscando no cocô fonte de nutrientes, proteínas, minerais e vitaminas.

Causas Fisiológicas:
É mais comum de acontecer em filhotes, principalmente para obter uma microbiota intestinal ou para suprir uma carência nutricional.

Causas Hereditárias:
Pelo fato dos lobos estarem ligados a origem do cão doméstico, a coprofagia pode acontecer também por herança dos antepassados. Os Lobos-Guarás são animais onívoros e por natureza eles procuram fonte de alimentos no cocô de outros animais ou até mesmo no de outros lobos. Com os cães, esse comportamento acontece especialmente com fezes de gatos ou de cavalos.

Causas metabólicas:
As principais causas são as verminoses, deficiência de enzimas digestivas, pancreatite, síndrome de mal absorção e a superalimentação.

Causas Comportamentais:
* a causa mais comum para a coprofagia.

  • Teorias complexas demais para serem exercidas por um cão:
    – Quando o dono pune o cachorro por fazer as necessidades no lugar errado. Sendo assim, o cachorro começa a associar que a presença dele, do cocô e do proprietário é uma situação muito perigosa, então, da próxima vez que o cão fizer o cocô no local errado ele comerá as próprias fezes para esconder do dono e evitar uma possível punição.
    – Outra teoria complexa demais para esse assunto é a teoria da imitação, fazendo com que o cão “limpe” as fezes depois de ter visto seu tutor limpar suas necessidades.
  • Teorias mais plausíveis:
    – Tédio e stress podem ser o principal motivo por não ter um ambiente enriquecido, com atividades para realizar. Fazendo com que a atividade mais interessante para o cachorro seja brincar com o cocô e acabar ingerindo.
    – A ansiedade por separação faz com que o animal direcione essa ansiedade para a boca como forma de mordida. Caga por ansiedade e acaba ingerindo. (a mordida é uma forma de relaxar, por isso, ele rói seus móveis quando não é suprido a sua necessidade de roer, com ossos e desidratados por exemplo)
    – Comer o cocô para chamar atenção do dono, pois sempre que isso é feito, o dono aparece, mesmo que seja para dar uma bronca.

Soluções:
– suprir as necessidades básicas da espécie;
– eliminar as chances de erro e manejar o ambiente;
– treinamentos incompatíveis;
– acompanhamento com um Nutricionista Animal;
– acompanhamento clínico Médico Veterinário.

Me siga no Instagram e acompanhe soluções mais detalhadas para resolver a coprofagia.

REFERÊNCIA:
https://www.tudodecao.com.br/

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s