Teste CMT

O CMT ( California Mastite Teste) é um teste rápido e de baixo custo muito utilizado para se diagnosticar mastite subclínica no rebanho leiteiro.

Necessita apenas de uma placa com 4 cavidades e o reagente CMT. A mastite subclínica não é possível de ser diagnosticada a olho nu pelo teste da caneca de fundo preto ou caneca telada, portanto, outros testes são necessários para sua detecção, como o CMT ou a contagem individual de CCS feita eletronicamente em laboratório credenciado da Rede Brasileira de Qualidade do Leite (RBQL).

Ao se misturar o leite com o reagente,ele reagirá com o material genético da célula somática, que resultará na formação de um gel, de acordo com a quantidade de células presentes no leite.  Se a quantidade de CCS for baixa não haverá formação gel e o resultado interpretado será negativo.

De acordo com a espessura do gel, o resultado é lido em escores, que variam de + até  +++, sendo este último interpretado como fortemente positivo, ou seja, alta contagem de células somáticas.

Para se ter um bom acompanhamento da mastite subclínica do rebanho, o ideal é realizar o teste em todas as vacas pelo menos a cada 15 dias.As vantagens deste teste é o baixo custo, facilidade de realização e resultado imediato.

Dúvidas sobre o teste CMT? Deixe aqui nos comentários! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s